Documento

 

Os profissionais das Ciências Biológicas vimos lutando desde a década de 1970 pela valorização profissional no estado do Pará. Duas associações profissionais foram criadas desde então. A Associação de Biologia do Pará (ABIPA) e a Associação dos Biólogos do Pará (ABIOPA).

 

O Estatuto Social da ABIPA está registrado no cartório do 2° Ofício de Registro e Documentos e Pessoas Jurídicas, Belém, Pará. A fundação data de 12 de junho de 1975, porém não foi encontrada a ata da Assembleia de Fundação. Os únicos registros formais de associados sãos os dos signatários do registro do Estatuto, senhores Ricardo Ishak (presidente) e José Eurípedes Leão (vice-presidente); e dos presentes à reunião do dia 20 de setembro de 1976, cuja ata está registrada no mesmo cartório, senhor presidente Ricardo Ishak, senhora secretária Nazaré Maria de Souza Cardoso, senhores diretores efetivos Miguel Ramos da Silva e Waldir Araujo Cardoso e senhora diretora efetiva Orionalda de Fátima Lisboa Fernandes; senhor presidente Edvaldo Carlos Brito Loureiro, e senhora segunda tesoureira Joana D'arc Parente dos Reis. Esta ABIPA foi fundada antes da criação dos Conselhos Federais de Biologia e Biomedicina. Os cursos de graduação de licenciatura em Ciências Biológicas existentes à época possuiam duas modalidades: Biologia ou médica.

 

A ABIOPA, fundada em 17 de agosto de 1983, teve seu Estatuto Social registrado no Cartório do Registro Especial de Títulos e Documentos, Belém. As únicas referências formais a associados foram ao senhor presidente Valdeci Soares da Silva, senhora vice-presidente Lucia Ferreira de Alemeida Lins e senhor primeiro secretário Ronaldo Borges Barthem, os signatários do registro em cartório do Estatuto da associação; e à senhora secretária Maria de Jesus C. Ferreira, signatária de um aviso de reunião da Diretoria, para o dia 30 de setembro de 1983, as 14 horas, no Museu Paraense Emílio Goeldi, cuja pauta seria "planejar, juntamente com o Delegado do Conselho Federal de Biologia e representantes do CABIOA, (sic) a formação do Conselho Estadual de Biologia". Neste mesmo documento foram informadas as nomeações dos senhores colegas Nelson Brasil (titular) e Ruy Edmundo Max dos Reis (suplente) como representantes do Pará no Conselho Federal de Biologia. O original do documento encontra-se nos arquivos do Centro Acadêmico de Biologia (CABio) da Universidade Federal do Pará, campus Guamá, Belém.

 

Nada mais consta nos cartórios citados sobre as associações. Foi contratada pesquisa no acervo dos cartórios em todos os documentos registrados a partir de 1972. Na impossibilidade de se resgatas os nomes dos associados, as atas de fundação, assim como o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) das associações, o comitê do Movimento-Pró-CRBio-Pará vê-se obrigado a fundar uma nova associação profissional para os Biólogos no Pará.

 

A Associação de Biólogos no Pará, enquanto associação que reune Biólogos neste estado, de personalidade juríridica e sem fins lucrativos, fundada no dia sete de outubro de 2013. Na oportunidade foi aprovado o Estatuto Social, eleita a primeira Diretoria e escolhido a logomarca da Associação.

 

Os presentes foram automaticamente elevados a categoria de Associadas (os) Fundadoras (es). Seguem:

 

Adriana Costa Guimarães, Alberto Martins Farias, Alessandra dos S. Matri Barros, Alex Lacerda de Souza, Ana Carla Barros de Souza, Ana Carolina Pinto Guimarães, Danillo dos Santos Silva, Deborah Jane Lima de Castro, Elke Micheline Anijar da Silva, Emilyn Costa Conceição, Francisco Acácio Alves, João Barbosa da Rocha, José Abílio Barros Ohana, José Alex Lameira Brasil, Kamelia Alves de Souza, Leonardo de Sousa Miranda, Luiz Paulo Printes Albarelli de Castro, Naraiana Loureiro Benone, Paulo José Siqueira do Amaral, e Thiago Nazareno C. S. de Jesus.

 

A primeira Diretoria foi eleita. Foi composta pelos biólogos: Luiz Paulo Albarelli (Primeiro Diretor), Marcio Amorim (Segundo Diretor), Emilyn Costa (Primeira Secretária), Adriana Guimarães (Segundaa Secretária), Alex Lacerda (Primeiro Tesoureiro), Naraiana Benone (Segunda Tesoureira).

 

O Movimento Pró-CRBio-Pará passa a estar alocado na ABIOPA como Grupo de Trabalho Pró-CRBio-Pará. Sempre aberto a novos integrantes.

 

A Ata de Fundação e Eleição e o Estatuto Social foram registrados no 2° Ofício de Registro de Títulos e Documentos e Pessoas Jurídicas, Belém, Pará, ao dia 23 de maio de 2014. A entidade possui CNPJ e inscrição municipal ativos. O próximo passo será abertura da conta em instituição financeira para arrecadação com abuidades.

Valorize a antiga luta, unindo-se a nós. Registre-se na ABIOPA!